Máterias

Produtos Elaamil

Carla Móveis de Ibicaraí

Montare Moveis Planejados em Ibicaraí

Montare Moveis Planejados em Ibicaraí

quinta-feira, 5 de julho de 2018

Ministro do Trabalho pede demissão após ser afastado por suspeita de corrupção


A Polícia Federal (PF) deflagrou, nessa quinta-feira (05), uma nova fase da Operação "Registro Espúrio", que investiga uma possível organização criminosa que atua na concessão fraudulenta de registros sindicais junto ao Ministério do Trabalho.


Além do assessor de Marquezelli, mandados de prisão teve como alvo Adriano José Lima Bernardo, superintendente do ministério no Rio de Janeiro, e Júlio de Souza Bernardes, chefe de gabinete de Yomura. 

Afastado do cargo, o ministro do Trabalho, Helton Yomura, pediu demissão hoje (5) após ser alvo da 3ª fase da operação Registro Espúrio. De acordo com o Estadão, a solicitação pretende evitar desgastes com o PTB, que o indicou para a pasta.


No Twitter, o presidente da sigla, Roberto Jefferson, afirmou ter comunicado ao Palácio do Planalto que a “Executiva Nacional do PTB coloca o Ministério do Trabalho à disposição do governo Michel Temer”.

Pasta que tem causado muitos constrangimentos ao governo, inclusive, com fatos anteriores. Ejaneiro deste ano, Aquela que seria a nova ministra do trabalho, Cristiane Brasil (PTB), foi condenada por não pagar dívidas trabalhistas a dois ex-funcionários, conforme decisão do Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região (TRT-1).

*Relembre o caso, Aqui: